Alguns sinais podem enganar, consulte sempre o seu médico
Pessoa perguntando a seu médico sobre seus sintomas

Alguns sinais podem enganar, consulte sempre o seu médico


Muitos dos sintomas de danos nas células nervosas comuns são frequentemente desvalorizados como algo talvez relacionado com a idade avançada e, por isso, ignorados. A doença subjacente a estes danos nas células nervosas e desconfortos relacionados chama-se neuropatia periférica.

 

O que aparenta ser um sinal inócuo, muitas vezes desvalorizado como "nada de grande importância", pode ser um sinal de que algo poderá estar a acontecer às nossas células nervosas. Por vezes, é uma questão de parar por um momento e prestar atenção aos sinais do corpo.

 

Ignorar os sintomas e o autodiagnóstico sem supervisão médica são duas abordagens erradas para os seus cuidados de saúde.

 

Os sintomas podem ser a expressão das mais variadas doenças e, quando se trata de células nervosas, a interpretação correta pode ser muito difícil.

 

Tonturas e dormência são dois desconfortos comummente conhecidos. No entanto, nem toda a gente sabe que estes podem ser sintomas de neuropatia periférica e que podem ter várias causas.

 

TONTURAS:  um sintoma de danos nas células nervosas?

Mulher jovem apresentando tontura
 

As tonturas, por exemplo, são uma sensação de sentir-se com vertigens, zonzo ou desequilibrado.

Pode sentir isso quando está muito cansado ou se sofrer de enxaqueca, mas sabia que também pode ser sintoma de uma infeção auditiva ou possivelmente de danos neuronais?

É por isso que é tão importante contar ao seu médico o que sente e não compreende totalmente.

DORMÊNCIA:  um sintoma de danos nas células nervosas?

Mulher com dormência em sua mão

A dormência, aquela sensação de usar uma "luva" ou "meia" invisível que o impede de sentir o toque, é outro exemplo de sintoma de danos nas células nervosas que pode ser associado a outras perturbações. A sensação de dormência nos pés e nas mãos é também muitas vezes associada à circulação sanguínea. Pode facilmente pensar que é um problema com a circulação sanguínea... não necessariamente!

Qualquer que seja o sintoma que detete ou que ache que tem, informe o seu médico, pois a sensação de dormência pode impedi-lo de sentir dor e lesões. Um pequeno corte nos pés ou uma pedra no sapato podem causar uma lesão.

DIFICULDADES EM ANDAR:  um sintoma de danos nas células nervosas?

Homem asiático idoso com dificuldades em caminhar

Porque é que alguns idosos têm dificuldades em andar e parecem estar rígidos e sem flexibilidade? É sempre por causa de problemas nas articulações?

É importante saber que as dificuldades em andar não se devem necessariamente a articulações rígidas ou doenças associadas. Na verdade, o "pé caído" também pode ser um sintoma de neuropatia periférica. As pessoas que sofrem de neuropatia podem sentir dormência nos pés, não sentir o chão, podem ter fraqueza muscular e não conseguir levantar os dedos dos pés do chão, o que torna a sua marcha instável e dificulta a coordenação.

Seja qual for a doença que pensa ter, explique ao seu médico todos os sintomas, para que este lhe possa fazer um diagnóstico completo.

CÃIBRAS MUSCULARES:   um sintoma de danos nas células nervosas?

Mulher com cãibras musculares nos pés
 

Toda a gente conhece as cãibras musculares. Podem ter causas diferentes e, por vezes, desaparecem espontaneamente. No entanto, em alguns casos, as cãibras musculares podem ser causadas por patologias. Se as suas cãibras musculares forem intensas, não melhorarem com alongamentos ou persistirem durante um longo período de tempo, pode ser um sinal de uma doença subjacente. Informe o seu médico se estiver a sentir, por exemplo, fraqueza, ardor ou perda de sensibilidade. Estes sintomas, entre outros, podem ser sinais de uma perturbação das células nervosas.

Se as cãibras musculares intensas o impedem de fazer aquilo que gosta,
aconselhar-se com o seu médico pode ajudá-lo a melhorar.

ARTIGOS RECOMENDADOS
Jovem mulher com tonturas
OUÇA
Falar sobre o diagnóstico precoce da doença nervosa
APRENDA
Questionário do estilo de vida
QUESTIONÁRIO SOBRE CUIDADOS: