Glossário

GLOSSÁRIO

organismos compostos por mais do que uma célula.

unidades  estruturais das proteínas. Uma grande parte do nosso corpo é composta por aminoácidos, que desempenham um papel crucial em quase todos os processos biológicos.

Nenhum termo para esta letra

células que constituem o tecido que compõe o sistema nervoso. Geram ações químicas e elétricas, permitindo a transmissão de sinais no corpo.

Nenhum termo para esta letra

Nenhum termo para esta letra

são como fios de transmissão de impulsos através do corpo. Estas fibras são cobertas por uma substância chamada mielina que as protege e ajuda as mensagens a passarem rápido pelos neurónios.

Nenhum termo para esta letra

A elevada presença deste aminoácido no sangue torna a pessoa mais propensa a problemas cardiovasculares, como a doença coronária. 

problema de saúde relacionado com  pressão arterial muito alta.

problema de saúde relacionado com o nível muito baixo de açúcar no sangue.

Nenhum termo para esta letra

Nenhum termo para esta letra

Nenhum termo para esta letra

Nenhum termo para esta letra

substância que cobre uma parte das fibras nervosas, chamada axónio. Tem como função proteger e isolar a célula nervosa, e permitir que as mensagens sejam transportadas mais rapidamente através dos neurónios.

o grande grupo de nervos, que atravessa o centro da coluna e transporta mensagens entre o cérebro e o resto do corpo.

refere-se aos nervos periféricos que transmitem sinais para o cérebro e para a medula espinhal. Desempenham funções sensoriais.

refere-se aos nervos periféricos que transportam sinais do cérebro e da medula espinhal. Realizam funções motoras e autónomas.

refere-se aos nervos periféricos que controlam os movimentos voluntários, como mover braços e pernas.

importantes moléculas de sinalização que transmitem impulsos nervosos entre duas células nervosas e entre as células nervosas e outras, como, por exemplo, as células musculares.

pertencem ao sistema nervoso periférico, ou seja, são todos os nervos que não estão no cérebro e na medula espinhal.

termo que descreve danos a um ou mais nervos periféricos. O dano significa que as mensagens que circulam entre o sistema nervoso central e o periférico são interrompidas. Existem diferentes condições que podem causar a neuropatia periférica.

refere-se aos nervos periféricos que transmitem informações dos sentidos para o cérebro.

Nenhum termo para esta letra

Nenhum termo para esta letra

Nenhum termo para esta letra

terminações nervosas que agem como botões de ativar/desativar.  São ativados por alterações ao nível da luz, temperatura, pressão, etc., e fazem com que o corpo reaja de determinada forma. Por exemplo, os receptores da pele permitem que reaja às coisas que têm contato com a sua pele e tenha consciência do que são essas coisas.

a parte do sistema nervoso que contém o cérebro e a medula espinhal.

o sistema nervoso fora do cérebro e da medula espinhal.

O sintoma é sentido e relatado pelo doente, enquanto o sinal é detectado pelo médico durante um exame.

Nenhum termo para esta letra

Nenhum termo para esta letra

Nenhum termo para esta letra

Nenhum termo para esta letra

Nenhum termo para esta letra

Nenhum termo para esta letra

Nenhum termo para esta letra